Responsabilidade Social na Pesquisa

A pesquisa científica na UNOPAR está intimamente ligada à busca de soluções para os problemas do ser humano e do meio em que vive . Considerando que a maior parte destes problemas são complexos, muitas vezes é necessário o desenvolvimento de pesquisas básicas, associadas as pesquisas aplicadas. Assim, a condução deste processo é organizada na forma de Linhas de Pesquisa institucionais.

A partir destas linhas são elaborados os Projetos de Pesquisa com objetivos específicos e prazos determinados, para obtenção da solução de um problema. A conclusão de cada projeto proporciona a geração de um novo conhecimento, com vistas a solucionar os problemas da comunidade.

Além dos professores e técnicos, os alunos também são incentivados a participarem dos projetos, por meio do Programa de Iniciação Científica. Este programa proporciona uma formação diferenciada, proporcionando o senso crítico e analítico e preparando-os para a atuação profissional utilizando o método científico. Anualmente, centenas de alunos participam voluntariamente deste programa, sendo que os 80 alunos que mais se destacam recebem incentivo financeiro na forma de bolsa de iniciação científica.

Os resultados destes projetos são divulgados e publicados em diferentes locais. Nas revistas científicas da própria instituição, Revista Unopar Científica, de acesso livre e gratuito, e também nas nacionais e internacionais. Há também a divulgação na forma de livros e demais produções técnicas e nos congressos e demais eventos científicos, como o Encontro de Atividades Científicas da Unopar. Assim, estes resultados, obtidos após significativos esforços e investimentos de anos, são colocados à disposição da sociedade, local, nacional e internacional.

Na pesquisa científica todo o processo é sistematizado, registrado e documentado. Alguns exemplos de pesquisa atualmente em desenvolvimento estão relacionados ao: Estudos Epidemiológicos nas áreas de Odontologia, Nutrição, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia; Atividade Física e Envelhecimento; Controle de Qualidade de Alimentos ; Ações Promocionais de Atenção à Saúde; Aproveitamento de Resíduos Industriais; Ensino à Distância; Comunicação e Linguagem; Direito e Democracia, entre outros. Ao todo mais de trezentos projetos são desenvolvidos anualmente pelos professores, alunos e técnicos, na busca de soluções para os principais problemas enfrentados pela comunidade.