Balanço Social

Na Unopar, as comunidades têm acesso aos projetos criados e desenvolvidos pelo Ensino, a Pesquisa e a Extensão, nos campi de Londrina, Arapongas e Bandeirantes.
Crianças e adultos utilizam e aprovam os atendimentos, que são ofertados diariamente nas clínicas, no esporte, nas associações e comunidade em geral.
No ano de 2011 foram realizados 2.138 projetos permanentes, temporários, de ensino, eventos e cursos, na modalidade presencial e EAD, envolvendo um total de 3.568 docentes.

 

Veja os números dos projetos:

Atendimento a empresas

• O Escritório de Negócios de Administração, em Londrina, realizou 53 atendimentos em empresas; em Arapongas o número foi de 15, e em Bandeirantes foram 37, o Escritório Tecnológico de Negócios (EAD) atendeu a 06 empresas, totalizando 111 atendimentos.
• A Agência de Marketing realizou 106 trabalhos em empresas de Londrina, e no campus de Arapongas foram 20 atendimentos.
• O Núcleo de Planejamento e Eventos Turísticos acrescentou mais 22 atividades.
* O Escritório de Atividades Contábeis atendeu a 18 empresas. Os quatro projetos beneficiaram, portanto, 277 empresas.

Direito e Cidadania

• O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) realizou 18.800 atividades no Centro de Ciências Empresariais e Sociais Aplicadas (CCESA) em 2011, na cidade de Londrina. Entre os atendimentos, o maior número envolve casos de família, como separação de casais, investigação de paternidade e pensão alimentícia. Alunos e professores do curso de Direito também prestam consultoria nas áreas Cível, Penal, Trabalhista, da Infância e Juventude, Justiça Federal e assistência social à população de baixa renda.
• No Centro de Ciências Humanas, da Saúde, Exatas e Tecnológicas (CCHSET), em Arapongas, os futuros profissionais de direito contribuíram com 1.262 atendimentos.
* No Centro de Ciências Humanas, da Saúde, Exatas e Tecnológicas de Bandeirantes foram realizados 875 atendimentos. Assim, os atendimentos em Londrina, Arapongas e Bandeirantes somam 20.937.
• O projeto Resgate da Cidadania: Uma Questão de Direito, tem por objetivo realizar atendimento jurídico em comunidades carentes de Londrina. Os atendimentos são feitos pelos acadêmicos do curso de Direito, sob orientação dos docentes responsáveis. Os alunos têm a oportunidade do exercício da cidadania por meio da atenção aos benefícios de assistência à comunidade em geral, do bairro São Jorge/Assentamento Nossa Senhora Aparecida e na Comunidade Santa Ana - Jd. Santa Fé, ambos em Londrina. No ano de 2011 foram atendidas 1.000 pessoas, com questões familiares, desquite/divórcio, questões trabalhistas, DNA, paternidade, pensão alimentícia e questões penais. Além do atendimento jurídico, a população alvo é beneficiada com a presença de outros cursos da Unopar: Serviço Social, Psicologia e Gastronomia, que contribuem para o desenvolvimento social e sustentável dessa comunidade.
• O projeto Comunicação: Fonte de Direito e Cidadania é realizado pelo curso de Direito no campus de Bandeirantes, buscando levar aos cidadãos, através de um programa de rádio semanal, conhecimento sobre a Legislação Brasileira vigente. No ano de 2011, 95 pessoas buscaram, diretamente por meio de perguntas, orientações para esclarecimento de dúvidas jurídicas.
• O projeto Penas Alternativas e a Comunidade atendeu 80 pessoas dentre elas, detentos e beneficiários de penas alternativas, seus familiares e população em geral quanto a conscientização com relação aos benefícios proporcionados quando aplicadas de forma eficaz e com a colaboração da sociedade em geral.

Educação

• Com o slogan “Dar o que ler a quem tem sede de saber”, o Projeto Biblos equipou 42 bibliotecas em escolas e/ou entidades nos últimos 12 anos. Entre maio de 1999 e dezembro de 2011, com a ajuda da comunidade universitária, por meio do Trote Solidário, a Unopar arrecadou 206.150 livros.
• O projeto Universidade Aberta – Projeto Crescer II, do campus de Arapongas, atendeu 140 crianças e adolescentes, no contra turno escolar, com atividades que proporcionaram uma melhor qualidade de ensino e suporte social aos participantes. O projeto também garantiu uma melhor visibilidade do papel educativo e da responsabilidade social aos acadêmicos envolvidos.
• O projeto A Universidade e a Comunidade de Mãos Dadas, em sua 9ª edição, atendeu 653 alunos das escolas jurisdicionadas ao Núcleo Regional de Educação de Apucarana, aplicando estratégias metodológicas diferenciadas voltadas à disciplina de Química, atividades lúdicas envolvendo conceitos químicos para melhor aprendizagem dos alunos de uma forma contextualizada, levando assim educação de qualidade à comunidade atendida.

Saúde

• Na área da Saúde, destacam-se os cursos de Odontologia, Fisioterapia, Nutrição, onde os alunos, orientados por professores, realizaram 20.569 atendimentos e 66.986 procedimentos clínicos.

• Visando qualidade de vida, o “Programa Vida Ativa para Idosos – PROVIDA” vem proporcionando a prática de atividades físicas adequadas e saudáveis para 80 idosos. Os exercícios físicos e os programas são elaborados pelos próprios acadêmicos do curso de Educação Física e do curso de especialização em Atividade Física, Qualidade de Vida e Envelhecimento, com a colaboração do curso de Enfermagem.

• Entre os vários Projetos de Extensão, a Nutrição iniciou em 2003 o Acompanhamento Nutricional ao Grupo Materno Infantil e Grupos de Risco em Unidades Básicas de Saúde. O atendimento é realizado individualmente à população materno-infantil. Entre os objetivos estão a campanha de incentivo ao aleitamento materno e o acompanhamento domiciliar de pacientes enfermos, como integrante da equipe multidisciplinar do Programa de Saúde da Família (PSF), além da elaboração de projetos de orientação nutricional a grupos específicos como gestantes, crianças, adolescentes e idosos. Ao todo, 554 pessoas foram atendidas.

Saúde Animal

• A Unopar também realizou 12.037 procedimentos no Hospital Veterinário, localizado no campus de Arapongas. Cooperativas, associações e pequenos produtores rurais contaram com acompanhamentos dos alunos para esclarecer e solucionar casos como inseminação artificial, manejo nutricional, controle de natalidade de cães e gatos e muitos outros.

Esporte

• No esporte, a Unopar trabalha com a iniciação para a formação de atletas em ginástica rítmica, karatê para portadores de Síndrome de Down e, também, é a principal patrocinadora do time de handebol de Londrina, atual vice campeão do Panamericano de Clubes; campeão Paranaense e campeão dos Jogos Universitários Paranaense.

• Inclui no projeto Handebol Masculino atendimento a 113 crianças, entre 09 e 10 anos, da Categoria de Base, alunos do Colégio Estadual Olympia Morais Tormenta, além da Escolinha na Unopar, que têm formação moral, educacional e física.

• A equipe de Ginástica Rítmica continua trabalhando para o futuro com o objetivo de promover o desenvolvimento contínuo da modalidade em nível regional, estadual e, principalmente, nacional. A Escola Oficina Pestalozzi (Jd. Franciscato), a Escola Municipal José Garcia Villar e a Escola Municipal Maria Tereza M. Amâncio (Jd. Monte Cristo) são beneficiadas, sendo que 378 crianças já fazem parte do projeto de GR. Nas equipes de competição, são mais 100 crianças e adolescentes envolvidas.

Solidariedade

• O curso de Medicina Veterinária da Unopar, por meio de seus alunos, promove desde 2006 o projeto Leilão Solidário Aravet, que busca arrecadar recursos para o Hospital do Câncer de Londrina (HCL). A cada ano superam-se as expectativas da equipe organizadora. Em 2011, o Leilão Aravet contou com a presença de aproximadamente 500 pessoas no Recinto José Garcia Molina, Parque de Exposições Ney Braga, onde foram leiloados animais, obras de arte, móveis, entre outros itens, que resultaram num total de R$ 200 mil em arrecadações. No ano de 2010 o total arrecadado foi R$ 174.695,00. Com esse valor, foi cumprida a meta de arrecadar dinheiro suficiente para a construção da sala do aparelho de ressonância magnética, obra prevista pelo Hospital.
• O projeto, no ano de 2009, recebeu menção honrosa no Prêmio Cidadania sem Fronteiras. A premiação é promovida pelo Instituto Cidadania Brasil e, em 2009, teve o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia e Secretaria da Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social.

Desenvolvimento Econômico/Social

• No ano de 2011, os projetos realizados pelo curso de Administração, do CCESA (Capacitação Profissional em Informática, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, As Técnicas Básicas da Matemática e Planejamento Financeiro Pessoal/Familiar) atenderam a 322 pessoas, de diversos lugares de Londrina, buscando oportunizar melhores condições de trabalho e ascensão profissional à comunidade em geral, proporcionando-lhes uma melhor qualidade de vida.
• O projeto Emancipar - O Design como Meio Emancipador para Grupos de Geração de Renda, é um projeto do curso de Desenho Industrial que atendeu, em 2011, 50 empreendedores, de sete empresas, vinculados à Secretaria Municipal de Assistência Social de Londrina. O atendimento é feito através do Programa Municipal de Economia Solidária, que atualmente atende a 50 empreendimentos. O objetivo é acompanhar, assessorar e fortalecer grupos de geração de renda. Os grupos cadastrados no programa atuam em diversos campos produtivos (artesanato, confecção, alimentação e agricultura familiar). Como eles não dispõem de nenhum tipo de acompanhamento referente ao design, seja gráfico (identidade visual, embalagem e divulgação) ou de produto (desenvolvimento e acabamento), o projeto pretende atender esta demanda através da troca de experiências entre os grupos de geração de trabalho e renda e o saber acadêmico.
• O projeto Eletrônica Básica e Instalações Elétricas Residenciais, é um projeto dos cursos de Engenharia da Computação e Engenharia Elétrica que atendeu, em 2011, 20 pessoas da comunidade externa, orientando sobre os riscos da energia elétrica, expondo o funcionamento de alguns materiais e acessórios de instalações domésticas, e noção sobre o funcionamento de equipamentos e dispositivos eletrônicos.

Comunicação e Cultura

• O projeto Gente Comum atendeu, ao longo do ano de 2011, entrevistou um público de 120 pessoas, entre adolescentes e adultos, para a elaboração das edições do jornal na íntegra. As produções realizadas colocaram em evidência as atividades e necessidades das comunidades: Vila Nova, Jardim Interlagos, Conjunto Vivi Xavier e Jardim Piza. Valorizando, assim, suas histórias que geralmente não são abordadas pelo jornalismo tradicional. A elaboração das produções, da sua concepção à finalização, é feita pelos acadêmicos do curso de Comunicação Social - Jornalismo da Unopar, sob orientação do docente responsável, juntamente com membros da referida Entidade.

• O projeto A Responsabilidade Social e a Comunicação Visual – em parceria com o Lions Clube visa desenvolver a campanha "Ser Solidário" na arrecadação de fraldas geriátricas para doação às entidades de Londrina. A elaboração conceitual e visual da campanha publicitária é realizada pelos acadêmicos do curso de Artes Visuais e a direção de criação da campanha é coordenada pelos docentes responsáveis pelo projeto. Todo material produzido é veiculado em mídias como televisões (regionais), painéis outdoor, anúncios em jornais, cartazes, panfletos, entre outros.

• O projeto Traços: O discurso das imagens - Oficinas de criação e leitura visual atendeu no ano de 2011, 34 pessoas da comunidade externa, proporcionando aos participantes aproximação com a cultura visual, por meio das oficinas de colagem digital, desenho do rosto humano, ilustração digital e vetorização.

Meio Ambiente
• O projeto Meio Ambiente na Unopar acontece desde o ano de 2005 com atividades como: curso de formação de multiplicadores da coleta seletiva e educação ambiental para alunos e funcionários dos Campi da Unopar Londrina, Arapongas e Bandeirantes. O projeto é desenvolvido por meio de palestras, cursos, elaboração de folders e cartilhas para orientação.
• O projeto Coleta Seletiva de Materiais Recicláveis, busca auxiliar os municípios a melhorar o sistema de coleta seletiva de materiais recicláveis. No ano de 2011 o projeto atendeu a dois municípios fazendo um diagnóstico da coleta seletiva, apresentando um plano de ação para a implantação da coleta seletiva e auxiliando os municípios no desenvolvimento das ações.
  

Dia Nacional da Responsabilidade Social

• O Dia Nacional da Responsabilidade Social, trata-se de um grande evento que reúne instituições de ensino superior (IES) particulares de todo o Brasil, num só dia, para organizar uma grande mostra de ações resultantes de projetos de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos durante todo o ano. A Unopar participou das edições anteriores e a cada ano vem melhorando a sua performance, conforme relatório disponível no site do evento http://www.abmes.org.br/Home/index.asp, onde estão fotos, depoimentos e atividades realizadas. No ano de 2011 foram realizadas 609 ações envolvendo os Cursos superiores (presenciais e a distância) em atividades de Responsabilidade Social.

• A Unopar orgulha-se de estar presente na iniciação profissional de seus alunos. Entre projetos permanentes, temporários, eventos e cursos, foram envolvidos 3.394 acadêmicos. E não é só isso. Com a teoria ensinada aos alunos, foi possível oferecer atendimento a mais de 900 mil pessoas da comunidade externa, somando as clínicas na área da Saúde, o Hospital Veterinário, além dos projetos, cursos e eventos em 2011, incluindo o Ensino a Distância (EaD).